dores nas costasdores nas costas
home
imagem
quem somos
imagem
dor nas costas
imagem
causas e fatores de risco
imagem
coluna vertebral
coluna vertebral
imagem
<p>anatomia da coluna vertebral</p>

Anatomia da Coluna Vertebral

imagem

Bico de Papagaio

imagem

Músculos

imagem
Funcionamento da Coluna
imagem
Osteoporose
imagem
diagnósticos
imagem
tratamentos
imagem
exercícios
imagem
cirurgias
imagem
conselhos e dicas
imagem
dúvidas frequentes
imagem
contato



Coluna Vertebral

Anatomia da Coluna Vertebral

 

A) Coluna cervical
(Lordose cervical)

B) Coluna torácica
(Cifose torácica)

C) Coluna lombar
(Lordose lombar)

1) Corpo vertebral

2) Disco intervetebral

3) Raiz nervosa

 

 

 

 

 

ANATOMICAMENTE a coluna vertebral é dividida em regiões que se chamam coluna CERVICAL (pescoço), coluna TORÁCICA (tórax) ,coluna LOMBAR (cintura), SACRO e CÓCCIX - o sacro se articula com a bacia de cada lado e o cóccix é formado por 4 pequenos ossinhos sem nenhuma função definida.

Entre um corpo vertebral e outro está o DISCO INTERVERTEBRAL. As VÉRTEBRAS sobrepostas formam um canal chamado CANAL MEDULAR que contém no seu interior a MEDULA NERVOSA ou MEDULA ESPINHAL.
A MEDULA ESPINHAL é a continuação do cérebro, que se prolonga até o início da região lombar (na altura da primeira vértebra lombar – L1) e depois  continua na forma de centenas de filetes nervosos muito próximos uns dos outros que no seu conjunto se chama CAUDA EQUINA (por sua semelhança à cauda de cavalo). Pela medula e cauda equina passam milhões de neurônios que conduzem para o cérebro os milhões de estímulos que recebemos diariamente do mundo exterior.

A MEDULA NERVOSA e a CAUDA EQUINA estão envolvidas por uma membrana que se chama Dura Mater. Entre a Dura Mater e a MEDULA e CAUDA EQUINA circula o líquido céfalo-raquidiano (LÍQUOR).
Todas estas estruturas estão contidas no CANAL MEDULAR, que na região lombar, na altura da L4, tem forma  triangular medindo aproximadamente 17 a 19 milímetros.

Cada corpo vertebral possui uma reentrância nos seus lados direito e esquerdo. Com a sobreposição dos corpos estas reentrâncias formam um orifício ovalado chamado de FORAMEN DE CONJUGAÇÃO, que está próximo ao DISCO INTERVERTEBRAL e do CANAL MEDULAR.

Como veremos mais adiante, as raízes nervosas que saem da medula nervosa passam pelo FORAMEN DE CONJUGAÇÃO.

 

 

 


<----- Cifose torácica normal

 

<----- Lordose lombar normal

 

 


Como já assinalamos, a coluna quando vista de lado mostra curvaturas que lembram a de um "S". Estas curvaturas são normais e chamadas de CIFOSE e LORDOSE. Existe uma LORDOSE CERVICAL, uma CIFOSE TORÁCICA e uma LORDOSE LOMBAR.

 

 

<----- Hipercifose


<----- Hiperlordose

 


A CIFOSE exagerada é ANORMAL e se chama HIPERCIFOSE. A LORDOSE exagerada também é ANORMAL é a chamada HIPERLORDOSE, sendo uma das causas de DOR NAS COSTAS.


De frente, a coluna vertebral é reta e, se observada nesta posição, ela apresenta uma inclinação para o lado direito ou esquerdo; dizemos que a coluna apresenta uma ESCOLIOSE .

As vértebras, principalmente as da coluna lombar, podem apresentar também uma ROTAÇÃO.
Tanto as escolioses como as rotações quando presentes, observadas principalmente em radiografias, devem ser investigadas por médico especialista.

 

 

Essencialmente as VÉRTEBRAS são formadas por sólido cilindro ósseo chamado de CORPO VERTEBRAL e de um CANAL de forma redonda - ovalada, formado pelas LÂMINAS que se juntam e formam o processo espinhoso.

Entre um corpo vertebral e outro está o DISCO INTERVERTEBRAL. As VÉRTEBRAS sobrepostas formam um canal chamado CANAL MEDULAR que contém no seu interior a MEDULA NERVOSA ou MEDULA ESPINHAL.

Cada corpo vertebral possui uma reentrância nos seus lados direito e esquerdo. Com a sobreposição dos corpos estas reentrâncias formam um orifício ovalado chamado de FORAMEN DE CONJUGAÇÃO, que está próximo do DISCO INTERVERTEBRAL e do CANAL MEDULAR.

Como veremos mais adiante, as raízes nervosas que saem da medula passam pelo FORAMEN DE CONJUGAÇÃO.

 

Fotos: René, L.: Anatomia Clínica número 1.
Springer International.
Janvier 1987 (Edition Française)
P. Rabischong – Montpellier.

  

1) Corpo Vertebral Lombar

2) Disco intervetebral

3) Raiz nervosa

4) Foramen de Conjugação 

5) Apófise Espinhosa

6) Faceta articular

7) Sacro

8) Cóccix

 

 

CADA ANEL ÓSSEO possui dos lados direito e esquerdo estruturas constituídas de osso e cartilagem chamadas de FACETAS ARTICULARES. As facetas de cada vértebra se encaixam com as facetas das vértebras superiores e inferiores. Esta conexão juntamente com os discos permitem que a coluna tenha flexibilidade. Um mau encaixe das facetas induz a um desgaste das suas cartilagens produzindo alterações DEGENERATIVAS locais chamadas de ARTROSE ou BICOS DE PAPAGAIO.

A palavra degenerativa é igual a desgaste. É como se fosse a peça de uma máquina que se desgasta com o uso e precisa ser trocada. O nosso corpo também é uma máquina cujas peças também se gastam com o uso, mas, infelizmente a maioria das nossas peças ainda não podem ser trocadas. Ainda não é possível trocar as NOSSAS VÉRTEBRAS usadas por umas novas, como já se faz com os RINS, FÍGADO e CORAÇÃO. OS MÉDICOS CHAMAM os BICOS DE PAPAGAIO de OSTEÓFITOS. 


© Copyright 2011 – Dores nas Costas – Todos os direitos reservados.

As informações contidas neste site devem ser usadas como orientação ao internauta e não tem a intenção de substituir a relação médico-paciente.
Este site segue o Código de Conduta da Health On the Net Foundationhealth on the net foundation